Espelho
16 de janeiro de 2018
Família Scotti “on the road”
20 de fevereiro de 2018

Poema <3

Transbordo

Semente que cresce
Faz transbordar

Amor demasiado no peito
Faz transbordar

Útero que acolhe 
A semente que cresce
Que me fez transbordar

Porque caber em mim, depois de você
Não foi possível
Por isso, o transbordo
O infinito amor que renuncia
Às vezes enlouquece
Às vezes engrandece

A alma de quem doa
A alma de quem dói
Espelho que me reflete
Aparência que me entorpece
Vida que me desfaz para me refazer

Por você, tornei-me melhor
Por você, às vezes, posso ser o meu pior
Pois que a chama que ilumina também arde

Sonho que se torna pesadelo nos dias de intempérie

Entretanto, prometo (amor meu) dar-te eternamente meus abraços
Pois meus olhos dizem que te amo
Mesmo que as palavras em alguns momentos contradigam

Peço-te perdão
Por tanto amor desmedido
Mas se tu cais, sou cais, para sempre a te esperar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *